O ÚLTIMO FOLHETO

Todos os domingos de manhã, depois do Grupo de Oração na Igreja, o coordenador do grupo e seu filho de 11 anos saíam pela cidade e entregavam folhetos falando do Amor de Deus sobre nós. Numa tarde de domingo, quando chegou à hora do pai e seu filho saírem pelas ruas com os folhetos, fazia muito frio lá fora e também chovia muito. O menino se agasalhou e disse: “Ok, papai, estou pronto”. E seu pai perguntou: ”Pronto para quê?”. “Pai, está na hora de juntarmos os nossos folhetos e sairmos. Seu pai respondeu: “Filho, está muito frio lá fora e também está chovendo muito”. O menino olhou para o pai surpreso e perguntou: ”Mas, pai, as pessoas não vão para o trabalho até mesmo em dias de chuva?”. Seu pai respondeu: “Filho, eu não vou sair nesse frio”. Triste, o menino perguntou: “Pai, eu posso ir? ”. O pai hesitou por um momento e  disse: “Pode ir. Aqui estão os folhetos. Tome cuidado”. Então ele saiu no meio daquela chuva. Este menino de onze anos
caminhou pelas ruas da cidade de porta em porta entregando folhetos a todos que via. Depois de caminhar por horas na chuva, estava todo molhado, mas faltava um último folheto. Ele parou na esquina e procurou por alguém para entregar o folheto, mas as ruas estavam  desertas. Então ele se virou em direção à primeira casa que viu e caminhou pela calçada até a porta e tocou a campainha. Ele tocou a campainha, mas ninguém respondeu. Ele tocou de novo, mais uma vez, mas ninguém abriu a porta. Finalmente, o menino se virou para ir embora, mas algo o deteve. Mais uma vez, ele tocou a campainha e bateu na porta bem forte. Ele esperou, alguma coisa o fazia ficar ali na varanda e finalmente a porta se abriu bem devagar. Uma senhora idosa com um olhar  triste. Ela perguntou : “O que você deseja, meu filho?”. Com um sorriso que iluminou o mundo dela, O menino disse: “Senhora, me perdoe se eu estou perturbando, mas eu só gostaria de dizer que JESUS A AMA MUITO e eu vim aqui para lhe entregar o meu último folheto que lhe dirá tudo sobre JESUS e seu grande AMOR”. Então ele entregou o seu último folheto e se virou para ir embora. Ela o chamou e disse: “Obrigada, meu filho!!! E que Deus te abençoe!!!”. Bem, no domingo seguinte na Igreja, o Coordenador do Grupo de Oração, após a sua pregação perguntou: “Alguém tem um testemunho ou algo a dizer?”. Lentamente, na última fila da Igreja, uma senhora idosa se pôs de pé. E começou a falar. “Ninguém me conhece neste Grupo, eu nunca estive aqui. Até o domingo passado eu não era cristã. Meu marido faleceu a algum tempo e eu fiquei sozinha neste mundo. No domingo passado,  um dia frio e chuvoso, eu tinha decidido no meu coração que eu chegaria ao fim da linha, eu não tinha mais esperança ou vontade de viver. Então eu peguei uma corda e uma cadeira e subi para o sótão da minha casa, amarrei a corda numa madeira do telhado, subi na cadeira e coloquei a corda em volta do meu pescoço. De pé naquela cadeira, só e de coração estava pronta pra saltar, quando, de repente, o toque da campainha me assustou. Eu pensei, quem será?, vou esperar um minuto e quem quer que seja irá embora. Eu esperei, mas a campainha era insistente; depois a pessoa a bater forte. E pensei: Quem pode ser?. Ninguém toca a campainha da minha casa a tempos, ainda mais num dia desses. Afrouxei a corda do meu pescoço e fui à porta ver quem era, enquanto a campainha soava cada vez mais alta. Quando eu abri a porta e vi quem era, eu mal pude acreditar, pois na minha varanda estava o menino mais radiante que já vi em minha vida. O seu SORRISO, ah, eu nunca poderia descrevê-lo a vocês! As palavras que saíam da sua boca fizeram com que o meu coração que estava morto há muito  SALTASSE PARA A VIDA quando ele disse: Senhora, eu só vim aqui para dizer QUE JESUS A AMA MUITO. Então ele me entregou este folheto que eu tenho em minhas mãos. Conforme aquele menino desaparecia no frio e na chuva, eu fechei a porta e li cada palavra deste folheto. Então eu subi para o sótão, peguei minha corda e a cadeira. Eu não iria precisar mais delas. Vocês vêem – eu agora estou aquí!. Já que o endereço do seu Grupo de Oração estava no verso deste folheto, vim aqui pessoalmente para dizer OBRIGADO a este menino de Deus que no momento certo livrou a minha alma. Não havia quem não tivesse lágrimas nos olhos no Grupo de Oração. O coordenador do Grupo, foi em direção a primeira fila onde o ‘seu’ menino estava sentado. Tomou seu filho nos braços e
chorou Provavelmente nenhum Grupo de Oração teve um momento tão grande como este e provavelmente este universo nunca viu um pai tão transbordante de amor e honra por causa do seu filho.

Exceto um. Este Pai também permitiu que o Seu Filho viesse a um mundo frio e tenebroso. Ele recebeu o Seu Filho de volta com gozo indescritível, o Pai assentou o Seu Filho num trono acima de todo principado e lhe deu um nome que é acima de todo nome. JESUS.

Anúncios

O incomensurável AMOR de JESUS na Parada Gay 2009

O outro LadoTESTEMUNHO: Graça e Paz. Difícil saber por onde começar. É um depoimento sobre o ocorrido durante o evangelismo de ontem (parada gay). Fiquei com a *Judite e com o *Josenaldo (*nomes fictícios)  na esquina da Rua Augusta com a Alameda Santos. Fiquei observando aquelas pessoas transfiguradas que andavam freneticamente como que estivessem perdendo algum compromisso importante. Alguns apenas se davam as mãos, outros se acariciavam e outros ainda se vestiam como se fossem participar de um desfile. Aquela musica horrenda parecia não ter fim. Bebidas alcoolicas misturadas com sei lá o que. Senti uma tristeza muito grande e quase não consegui conter as lágrimas. Tentei imaginar a tristeza que nosso Senhor Criador e Salvador deveria estar sentindo ao ver tudo aquilo acontecer com os que deveriam ser sua imagem e semelhança. Passado algum tempo, um rapaz se colocou a minha frente e pediu um folheto dizendo: Fiquei observando a senhora e, sei o que é isso (se referindo ao folheto); é a resposta de Deus ao sinal que ontem lhe pedi,estou afastado da igreja e não aguento mais esta vida, pedi a Deus que hoje ELE me desse um sinal e, este é o sinal. Só consegui dar-lhe um abraço e dizer que Jesus o amava muito. Outro rapaz abordou-me pouco depois e disse estar cansado daquela vida. Disse-lhe que Jesus é quem cura, sara e liberta, que Jesus também o ama. Fiquei pensando nas milhares de pessoas que estavam ali participando daquele evento. Quantas mais estariam cansadas de levar “aquela vida”. Aquela mesma vida que muitos de nós levávamos, preenchendo momentaneamente nossos vazios, nossa aflições, nossas angustias e etc. Aqueles dois corações estavam prontos e foram tocados pelo Espírito de Deus. Não importa quem lá estivesse, se Maria, Pedro, João… o importante é levar a semente da mostarda. Foi emocionante e muito gratificante. É indescritível testemunhar o INCOMENSURÁVEL AMOR DE DEUS e o seu trabalhar em nossas vidas. Que Deus abençõe mais e mais todos os irmãos que lá estiveram.

COM O SACRÍFICIO DA PRÓPRIA VIDA

Digitalizar0002COM O SACRIFICIO DA PRÓPRIA VIDA faz um paralelo entre a missão de Cristo, que deu sua vida em prol da humanidade, e a missão do Policial, de defender a sociedade, se preciso for, também com o sacrifício da própria vida. Voçe vai aprender mais a como lidar com as questões do dia-a-dia, seja como pessoa investida de autoridade policial ou simplesmente na condição de figura humana. Voce vai ficar preso à literatura deste livro que, além de reflexões e textos bíblicos selecionados, contém histórias reais e fascinantes de homens e mulheres que descobriram como é possível fazer a diferença no universo da segurança pública no Brasil

Notícias da Igreja Perseguida

“Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens […]. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo.” Colossenses 3:23 e 24

 

Igreja,

Nossos irmãos perseguidos têm trabalhado para o Senhor e para o seu Reino. Eles prosseguem na obra, não importa quanto lhes custe. Eu e você, cristãos livres, somos chamados a trabalhar também, da maneira que está ao nosso alcance: orando e, em casos como alguns dos citados abaixo, separando uma pequena porção do nosso tempo para escrever em favor deles. Tudo sendo feito de todo o nosso coração.

Na China, o pastor Hua Huiqi foi preso e agredido fisicamente por causa de suas atividades cristãs. Enquanto batia no pastor, o agressor dizia “Eu vou estrangular você, e quero ver se continuará pregando o evangelho”. Hua Huiqi foi solto, mas precisa de nossas orações para que permaneça firme e se recupere rapidamente.

O cristão chinês Shi Weihan foi condenado a três anos de prisão. Após diversos períodos encarcerado, ele foi julgado e recebeu essa sentença. Os advogados esperam que ele consiga liberdade condicional por motivos médicos.

Na sexta-feira, 12 de junho, o Irã reelegeu Mahmud Ahmadinejad como presidente do país. Preocupando–se com nossos irmãos iranianos, a Portas Abertas iniciou uma campanha de cartas para o presidente do Irã em favor dos cristãos naquele país.

Todos os dias, o Senhor nos dá a oportunidade de agirmos em favor de nossos irmãos. Faça sua parte como Corpo de Cristo: ore e aja. Deus nos dá essa benção de podermos ser resposta de oração na vida dos cristãos perseguidos, ainda que eles estejam, fisicamente, tão distantes de nós. Mobilize outros a orar e agir também.
Deborah Stafussi

Missão Portas Abertas

Evangelismo em Ação

Digitalizar0001Unindo nossas forças alcançaremos mais vidas para o Senhor Jesus. Agora voçe já pode ajudar o Ministério Evangelismo e Missões a entregar literatura bíblica a todas as pessoas e povos, incentivando nossos evangelistas e missionários a prosseguir com esta grande obra com R$5,00 apenas, da seguinte forma: Depósito em conta corrente-banco itau agencia 1633 conta 09395-8 beneficiário Igreja Evangélica Cristã Tempo da Graça ou através do envelope da igreja indicando missões e evangelismo.

“E como pregarão, se não forem enviados? assim como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam coisas boas!”. –Romanos 10:15

Contribua e seja ricamente abençoado !!!

Notícia Pr. Daniel Veloso – CEMMA

Imagem 6639OLÁ, QUE A GRAÇA E PAZ ESTEJA A REINAR EM VÓS ! ESTAMOS COM SAUDADES; POR AQUI NO NORTE DE MINAS GERAIS VAMOS BEM, CONVICTOS DE QUE, SE NÃO FOSSE A MISERICÓRDIA, O INIMIGO JÁ TERIA NOS ENGOLIDO VIVO, PORÉM, O NOSSO DEUS TEM LEVANTADO PASTORES E IGREJA COM UM VERDADEIRO ESPIRITO MISSIONÁRIO E SOBRE TUDO MISERICÓRDIOSOS COMO O PR. NELSINHO, PR. PEDRO E DEMAIS PASTORES E TODA A IGREJA EVANGÉLICA CRISTÃ TEMPO DA GRAÇA, ONDE DE PRONTO TEM NOS ACOLHIDO E TÃO CARINHOSAMENTE TEM OMBRADO NESTA ESPINHOSA PORÉM, NOBRE CAUSA MISSIONÁRIA. VOSSAS INTERCESSÕES E CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS MUITO TEM NOS AJUDADO. DEUS O ETERNO E SOBERANO VOS ABENÇÕE DESDE AGORA E PARA SEMPRE. (texto da carta enviada pelo Pr. Daniel Veloso a todos irmãoes em Cristo). Imagem 6575

Imagem 5923Imagem 6199Imagem 6594Imagem 6601Imagem 6643