Sinais indicam que seu filho(a) usa drogas – por Pr. Sidney Salles

Manifestações comuns da adolescência, como oscilações de humor e comportamento, imprevisíveis, também podem ser sinais de que seu filho esteja usando drogas, mas, como saber a diferença?
Se ele começa a demonstrar um ou mais dos sinais a seguir (que se aplicam igualmente a meninos e meninas) as drogas podem estar no centro de seus problemas:
1)     Está retraído, deprimido, cansado, e não cuida da sua própria aparência
2)     É hostil e não colabora com você. Costuma se afastar dos outros
3)     As relações familiares estão piorando
4)     Está andando com um grupo novo de amigos
5)     Suas notas caíram e a presença na escola é irregular
6)     Perdeu o interesse por hobbies, esportes e algumas das atividades favoritas
7)     Seus hábitos alimentares e horários de sono mudaram, passa noites em claro e dorme durante o dia
8)     Seus olhos estão avermelhados e seu nariz escorre, mesmo não estando resfriado
9)     O dinheiro e objetos da casa vêm desaparecendo
Observe também:
A presença de pequenos tubos, rolos de papel, potinhos de remédio, seda para enrolar cigarro, isqueiro de butano ou embalagens de bebida em sua casa são sinais de que seu filho possa estar usando drogas. Se algum desses sinais aparecerem, os pais devem estudar a melhor maneira de lidar com o problema. Devem também procurar a ajuda de outros membros da família.
 
Centro Terapêutico Cristão
Pr. Sidney Salles
Anúncios

Gay Pride – Av Paulista 2010

Deus ama a todos com um amor incomensurável, de maneira tal que enviou seu ùnico filho para todos, mas não pode compactuar com o pecado. Ele esta sempre pronto a perdoar o pecado do homem. Através da Palavra de Deus – Bíblia – temos vários versículos que muitas pessoas distorcem para o seu bel prazer e para justificar seus atos e atitudes. E quando falamos em várias pessoas incluimos isso também a todos as igrejas em seus diferentes e pensamentos, que insistem em dizer que detem a verdade absoluta e o caminho que leva a Deus.
A única verdade absoluta é que Jesus Cristo é o unico Caminho que leva o homem a encontrar-se com Deus, e a leitura da Palavra, faz com que o homem – sempre pecador – tenha o conhecimento do quanto é responsável pelos seus atos práticados.
Temos então o pensamento de que não é o homem quem lê a Bíblia, mas sim a Bíblia é que lê o homem, pois a Palavra de Deus é viva e apta para discernir o pensamento do coração do homem, penetrando nas juntas e medulas (Hebreus 4:12).
Este amor de Deus, nos tem impulsionado a estar junto ao grupo de homossexuais e mostrar que Deus os ama verdadeiramente a ponto de corrigí-los dos seus maus caminhos (pensamentos – atitutes – gestos – modo de ser).
Aceitar a Jesus como Senhor da sua vida não é apenas um simples gesto com sua mão para cima ou uma confissão obrigatória, mas é o arrependimento total, geral e irrestrito do homem, entregando-se de corpo e alma ao Deus que criou e formou o homem, sua imagem e semelhança.
Voce pode caminhar – ter várias práticas em sua vida – por vários caminhos entendendo que está no caminho correto, pois a Bíbilia relata isso no livro de em ProverbioS 14:12.
Este amor de Deus nos impulsiona a falar para voce que esixte somente um Caminho correto e este Caminho é Jesus Cristo de Nazaré. Independente de denominação ou seguimento de igreja, religiões ou filosofias, o único Caminho é Jesus Cristo.
JESUS TE AMA
Pr. Pedro
Evangelismo e Missões

A recompensa do Pastor – Dia do Pastor

Não é salário, tampouco uma grande igreja. Não é o reconhecimento que recebe de algumas ovelhas, pois nem toda ovelha reconhece o trabalho pastoral. O fato é que o pastor sempre está em dívida com o rebanho, pois, por ser humano e falho, não consegue agradar a todos, nem deve tentar fazê-lo. É impossível suprir todas as carências do rebanho. Como o pastor não possui varinha de condão, também não lhe é dado na vocação o poder de adivinhar o que as pessoas precisam, esperam e exigem. Assim, termina por gerar algumas decepções, que podem se manifestar em rebeldia e agressividade. Há ovelhas peritas em entristecer e agredir o pastor à porta do templo após abençoado culto.
Agride-se pelo prazer de agredir. Discorda-se pela alegria de gerar tristezas. A ovelha se realiza na tristeza e decepção que causa ao pastor. Isto sem mensurar as que não se deixam pastorear, pois são auto-suficientes e estão acima de qualquer poder ou autoridade.
Somando todos esses fatores e mais alguns conflitos oriundos da vocação em si, tem-se a recompensa que é oferecida ao pastor. Claro está que há alegrias no ministério, e muitas. O velho pastor João expressa sua alegria ao concluir que algumas ovelhas persistiam na senda da verdade. “Não tenho maior alegria do que esta: O de ouvir que os meus filhos andam na verdade” (3 João 4). Isto não tem preço. Ver o crescimento espiritual de uma ovelha. Às vezes é necessário esperar anos ou décadas para se chegar a tal conclusão. Porém, compensa.
O apóstolo Pedro, após várias crises espirituais, é confrontado por Jesus com a ordem de apascentar suas ovelhas (João 21.15-17). Jesus deixa claro a Pedro que as ovelhas pertencem ao Mestre, e não a Pedro. As ovelhas não são do pastor. Entretanto, são propriedade de Cristo, o grande Pastor. Por isso, em alguns casos, Cristo coloca no rebanho algumas ovelhas que o pastor não colocaria. Na velhice, Pedro aconselha os jovens pastores. Relembra que o rebanho pertence a Deus.
Ele terá que ser apascentado com parcimônia, respeito, dedicação e até mesmo sacrifício. Além disso, o apóstolo acrescenta qual o salário esse labor diuturno. Não é um holerite, tampouco é prebenda (trabalho feito sem nenhum esforço), esse o significado. Não é sinecura (beneficio eclesiástico sem cuidado de almas). Não é salário (pastor não é empregado da igreja). Embora algumas o tratem como empregado de segunda categoria (o pastor não tem direito trabalhista e não é amparado por leis trabalhistas) o pastor deve relatório somente a Deus, que o chamou e capacitou para o exercício pastoral. Não é côngrua (pensão paga aos párocos para seu sustento). Que o digam os pastores e famílias de pastores aposentados que passam dificuldades para sobreviver. À igreja e às ovelhas pouco interessa o que vai acontecer com o pastor quando ficar velho e não mais servir aos interesses do rebanho. Embora algumas ovelhas vejam o pastor como seu empregado, outras como escravo dos seus caprichos, ainda há as que veem no pastor uma espécie de pajem ou criado: Prega o que elas querem ouvir e realiza o ministério atrelado a um organograma elaborado por especialistas existentes no rebanho. Ai de quem desobedecer aos organogramas. A unção do Espírito Santo não é levada em conta. É tido como falso pastor. Terminada a digressão, temos a recompensa do pastor por seu labor. “E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa de glória” (1 Pedro 5.4). A recompensa ao ministério só ocorrerá na volta de Cristo. Até lá, cabe ao pastor vocacionado por Deus para o exercício do ministério pastoral algumas amostras do resultado final. A alegria de ver algumas almas salvas por Cristo, vidas sendo modificadas pelo poder do Evangelho, famílias aprendendo a amar, crianças crescendo no conhecimento do Senhor. Esta é a esperança que leva o pastor a crer no poder da Palavra. Até mesmo quando ao pregar descobrir que as pessoas não entenderam a mensagem, ou não quiseram entendê-la. A incorruptível coroa de glória, quando Jesus voltar. Estas são algumas recompensas. Até lá só resta ao pastor cumprir a vocação e servir, não aos homens, mas àquele que o chamou. Lembrando sempre os imperativos bíblicos: “Pregue a palavra” (2 Timóteo 4.2). “Cumpre o teu ministério” (2 Timóteo 4.5). Ao obedecer à recomendação paulina, o pastor tem a mais excelente recompensa do labor pastoral.
 
Pr. Julio Oliveira Sanches

Cracolandia… Jesus Te Ama – Paraíso Carandiru por Pr. Sidney Sales

Um dos maiores mistérios da natureza do Criador é, sem dúvida, uma espontânea e graciosa parceria com o ser humano na realização dos seus planos.
É de se desconfiar que nossa escala de valores e principalmente nosso senso ético estejam em total desarmonia com os padrões do Pai Celestial porque certamente nós temos a mesma síndrome de Samuel quando foi a casa de Jessé ungir um rei entre os filhos dele. Escolhemos sempre o maior, o mais bonito, o mais perfeito e o que possa nos causar a melhor impressão. Por uma questão que me escapa completamente o entendimento, Deus sempre escolhe as coisas fracas, as loucas, as ignóbeis, as que não são, para confundir a lógica, a sabedoria e a estética humana.
VIVENDO UMA NOVA VIDA
Meu nome é José Francisco da Silva, 45 anos, casado, natural de Jundiaí – SP.
Sou filho adotivo de uma família bem grande. Como minha mãe adotiva já tinha muito filhos quando me adotou, não deu para ela cuidar de mim como deveria. Vivia muito sozinho e me sentia abandonado.
Com quatorze anos fui trabalhar em uma firma e nesse local conheci pessoas que me apresentaram as drogar. Eu comecei a usar drogas com essa idade.
Eu usava e traficava todo o tipo de droga, principalmente as injetáveis. Antes do crack aparecer no mercado, em 1990, nós já fabricávamos a droga em casa. Misturávamos a cocaína ao bicarbonato, fazíamos as pedras e vendíamos.
Finalmente cheguei aqui – no Centro Terapêutico Educacional Cristão – onde escrevo esse testemunho. O Pastor Sidney me viu entrando barbudo, cabeludo, magro, sujo, roupas rasgadas. Um verdadeiro trapo.
Fiquei na Casa, me recuperei, encontrei a Jesus e também uma esposa maravilhosa com quem estou casado e vivo muito feliz. Temos duas filhas maravilhosas, Anatilde Ester, de um ano e 10 meses, e Débora Regina, 10 meses.
 
(trechos retirados do livro PARAISO CARANDIRU-A história de um homem que, levado ao inferno, encontrou a porta do céu.- Sidney Sales)  

Mensagem da Igreja Perseguida

Salmos 8:3,4 “Quando contemplo os teus céus, obra de teus dedos, a lua e as estrelas ali firmaste, pergunto: Que é o homem para que com ele te importes? E o filho do homem, para que com ele te preocupes?”
 
Igreja,
Não sei se você já teve essa experiência, mas todas as vezes que viajo, seja de carro ou outro meio de transporte, observo o céu e sempre me vem à mente esse versículo. Quando o dia está ensolarado é ainda melhor para admirar e refletir sobre aquela imensidão azul. As nuvens, os campos, os animais, as frutas nas plantações, as flores, tudo o que proporciona uma paisagem maravilhosa foi criado por Deus e faz a nossa vida mais bonita. Não é maravilhoso saber que o Deus Criador de todo o Universo se importa conosco? E no versículo 4 está bem claro que Ele se “preocupa” conosco. Portanto, querido irmão, tenha hoje a certeza de que nada que lhe aconteça passa despercebido diante de Deus. Creia que para o Deus Todo-Poderoso você é muito importante. Ele sabe e vê todas as coisas. Não se sinta só, pois Ele governa o Universo mas, acima de tudo, está preocupado com os detalhes da sua vida.
 
Vanessa Portella
Jornalista
Missão Portas Abertas

Líder do movimento homossexual do Brasil confessa existência de ex-gays

Diz: “Nós precisamos de vocês, heterossexuais. Amamos vocês para que reproduzam filhos que se tornem homossexuais”
Matthew Cullinan Hoffman, correspondente na América Latina
BRASIL, 12 de maio de 2010 (Notícias Pró-Família)
Luiz Mott, o incontestável líder do movimento homossexual do Brasil, confessou na televisão nacional que ninguém nasce homossexual, e que as pessoas podem mudar sua orientação sexual
Numa participação recente no “Programa do Jô”, um programa de entrevista tarde da noite e muito popular transmitido pela Rede Globo, Mott disse ao apresentador que ele é um “ex-heterossexual”.
“Eu sou um heterossexual como existem ex-gays, pessoas que não eram 100% homossexuais”, disse Mott. “Eles tiveram algumas experiências, não gostaram e daí passaram para o outro lado”.
Embora Mott tenha atribuído mudança às pessoas que não eram “100% homossexuais”, ele deixou claro para o apresentador Jô Soares que ele crê que “todos os seres humanos têm, como Freud diz, um desejo bissexual”, e que a preferência sexual é algo flexível e mutável.
“Felizmente, a sexualidade humana é cultural e construída e pode mudar. Eu acho que não vou mudar mais porque já tô muito acostumado e feliz”, ele disse para Soares.
“Eu costumo falar: Nós precisamos de vocês, heterossexuais. Amamos vocês para que reproduzam filhos que se tornem homossexuais… novos gays e novas lésbicas”, acrescentou Mott durante a entrevista, que foi transmitida em 24 de abril.
Conforme LifeSiteNews comentou em artigos passados, Mott é também conhecido por sua aberta atração para com adolescentes e considera restrições ao sexo com menores como baseadas em “preconceitos”.
 
Fonte: http://juliosevero.blogspot.com/